Pesquisadores do Cult levam trabalho ao IV Congresso Internacional Sobre Culturas, na UFRB

Nesta semana, de 21 a 23 de novembro, ocorre em Cachoeira – BA o IV Congresso Internacional Sobre Culturas. O evento será sediado pelo Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). O evento é promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM) da UFRB e tem apoio do Programa Multidisciplinar de Pós-graduação em Cultura e Sociedade da UFBA.

O tema desta quarta edição do congresso é Memória e Sensibilidade: Cenários da experiência cultural contemporânea e busca dar continuidade ao processo de fortalecimento dos debates e da rede de pesquisadores em Cultura e na investigação dos novos territórios nas Ciências Sociais e Humanas.

O congresso contará  cerca de 120 pesquisadores apresentando trabalhos em dez diferentes grupos no período da tarde. Entre esses, estão os pesquisadores do Cult Leonardo Costa e Renata Rocha, apresentando junto à bolsista pelo PIBIC Nayanna Mattos e a mestranda pelo Pós-Cultura Raíssa Caldas o trabalho Economia da cultura e criativa e a formação em organização cultural no Brasil.

Além das apresentações, durante o evento também ocorrerá lançamento de livros e atrações artísticas. No dia 21 de novembro acontecerá o espetáculo em comemoração aos 60 anos da bossa nova, trazendo os clássicos da memória afetiva brasileira, sob a direção musical do vibrafonista Ricardo Valverde com participação da cantora paulistana Bia Goes. E no dia 22, a atração é o grupo Minima Musica, e a apresentação no encerramento do evento, do Raízes de Acupe, grupo de samba de roda da comunidade quilombola do Acupe, de Santo Amaro da Purificação. O samba de roda é um estilo que vem da tradição afro-brasileira e é referência da cultura negra no Brasil.

As inscrições para ouvintes ainda podem ser feitas presencialmente até amanhã, 21 de novembro. Para saber mais e acessar a programação, acesse o site do congresso.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.