Periódicus lança chamada de textos para dossiê sobre crimes de ódio

Crimes de ódio e ataques morais contra feministas, LGBTs e defensores de direitos sexuais e reprodutivos no Brasil. Esse é o tema do dossiê que a revista Periódicus pretende lançar em sua décima edição (ver proposta completa abaixo).

As pessoas interessadas em escrever sobre o assunto devem submeter os seus textos até o dia 2 de setembro de 2018, exclusivamente através do site da revista (https://portalseer.ufba.br/index.php/revistaperiodicus). Desta vez, o dossiê será organizado por Tatiana Lionço, Valdenízia Bento Peixoto e Irina Bacci.

A previsão é que a edição de número 10 da revista seja lançada no final de 2018. Já a edição de número 9, com o dossiê intitulado Crianças desviadas, sexualidades monstruosas, educação pervertida: paisagens alteritárias das infâncias, deverá ser lançada em maio próximo.

Confira a proposta do dossiê Crimes de ódio e ataques morais contra feministas, LGBTs e defensores de direitos sexuais e reprodutivos no Brasil.

Diante da escassez de dados estatais que sinalizem para a dimensão da violação de direitos de populações que encontram na expressão do gênero e nas práticas sexuais fundamento de subalternização e mesmo de extermínio, este dossiê propõe compilar estudos que contribuam para o reconhecimento da gravidade das violências contra lésbicas, bissexuais, travestis, mulheres transexuais, homens transexuais, gays e feministas. Ainda, considera que ativistas feministas e do movimento LGBT tem sido objeto de diversas violações morais no exercício da militância por equidade nos direitos sociais, sobretudo na internet. Além de considerar urgente a análise crítica dos fenômenos de extermínio contra LGBT, o dossiê pretende dar visibilidade para ofensivas morais contra pessoas que defendem o reconhecimento da diversidade sexual, de gênero e que lutam pela equidade de gênero no país, implicando também pessoas engajadas na produção de conhecimento acadêmico. Para tanto, serão considerados estudos que contribuam para o conhecimento sobre crimes de ódio, envolvendo assassinatos, lesões corporais e abusos sexuais, mas também as difamações e calúnias dirigidas a mulheres feministas e ativistas LGBTs.

As coordenadoras do dossiê:

Tatiana Lionço é professora adjunta do Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento do Instituto de Psicologia (PED/IP), da Universidade de Brasília (UnB), e coordenadora do Núcleo de Estudos da Diversidade Sexual e de Gênero do Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares da UnB (NEDIG/CEAM/UnB).

Valdenízia Bento Peixoto é professora adjunta do departamento de Serviço Social – UnB, mestre em Serviço Social pela UFPE e doutora em Sociologia pela UnB. Pesquisadora do Laboratório de Gênero, Política Social e Serviço Social – GENPOSS/PPGPS/UnB e integrante docente do Núcleo de Estudos da Diversidade Sexual e de Gênero – NEDIG/CEAM/UnB.

Irina Bacci é mestra em Direitos Humanos e Cidadania (CEAM/UnB), pesquisadora do NEDIG/CEAM/UnB, integra o Coletivo de Feministas Lésbicas de São Paulo e, atualmente, é Coordenadora de Direitos Humanos da Aliança Nacional LGBTI.

Em 2017, a Capes avaliou a Periódicus pela primeira vez e a revista recebeu com os conceitos B2 em três áreas (Interdisciplinar, Educação e Ensino) e B3 em Sociologia, Psicologia e Artes. A revista é uma publicação online do grupo de pesquisa Cultura e Sexualidade (CUS), da Universidade Federal da Bahia, editada pelos pesquisadores Leandro Colling (UFBA) e Helder Thiago Maia (UFF).

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.