GTs

Confira a programação dos GTs.

Os grupos de trabalho em 2016 serão:

1. CULTURAS E FESTAS
Coordenadores: Paulo Miguez e Jânio Roque
As festas e os sentidos do festejar na contemporaneidade. As festas como um evento cultural dinâmico no tempo e no espaço. Festas populares no Brasil: sujeitos, tramas e estética. Dimensões socioeconômicas e políticas das festas populares. As festas populares como patrimônio imaterial. As manifestações festivas no contexto das diferentes religiões: interfaces e conflitos. A espetacularização das festas populares no espaço público e nas arenas privadas. A questão das festas no contexto da gestão e planejamento urbano. As políticas públicas para as festas no Brasil: críticas e proposições.

2. CULTURAS POPULARES
Coordenadores: Edilene Matos e Francisco Nunes
Poéticas e performances tradicionais populares em articulação: sociedade em geral, grupos e comunidades. Movência das culturas populares. Reflexão crítica sobre a relação entre culturas populares tradicionais e desenvolvimento comunitário. Incorporação à formação acadêmica do saber produzido e rearticulado pelas tradições populares: interfaces produtivas. Reconhecimento das necessidades específicas das manifestações populares, em termos de inventário, documentação, difusão e/ou transmissão de saberes.

3. CULTURAS DIGITAIS
Coordenadores: Macello Medeiros
Aceita trabalhos que discutam a cultura digital no Brasil e exterior, bem como artigos que promovam uma visão crítica do relacionamento da arte, cultura e tecnologia. Trabalhos sobre cultura e inclusão digital, capacitação em cultura digital, arte e cultura digital, conceito de commons, direitos autorais, cultura livre, mídia livre, software livre como ferramenta cultural, plataformas P2P e cultura, estudos etnográficos em cultura digital, experimentação tecnológica cultural, produções e manifestações artístico-culturais no digital serão admitidos.

4. CULTURAS E AMÉRICA LATINA
Coordenadores: Daniele Canedo e Carlos Bonfim
Visa contribuir com os debates sobre as dinâmicas atuais das culturas nessa região. Contempla relatos de pesquisas e de experiências relacionadas ao espaço cultural latino-americano contemporâneo: perspectivas teóricas, indagações estéticas e políticas; agentes e agendas; processos de integração regional.

5. CULTURAS E ARTES
Coordenadores: Giselle Nussbaumer e Djalma Thurler
Aceita trabalhos que discutam arte e representação social. Arte e diversidade cultural. Arte e cultura estética. Arte como espaço de construção e desorganização de fronteiras entre o erudito e o popular. Tradição e contemporaneidade nas manifestações artísticas: literatura, dramaturgia, dança, encenação, artes visuais, performance, moda e intervenção urbana.

6. CULTURAS E DESENVOLVIMENTOS
Coordenadoras: Mariella Pitombo e Carmen Lima
Acolhe trabalhos sobre a relação entre cultura e desenvolvimento, tais como: estudos sócio-econômicos da cultura, economia da cultura, economia criativa, indústrias criativas, cidades criativas, indústrias culturais, indicadores culturais, estatísticas culturais, diversidade cultural e desenvolvimento, consumo de bens e serviços culturais, comércio internacional de bens e serviços culturais, cultura e propriedade intelectual.

7. CULTURAS E INFÂNCIA
Coordenadora: Vera Bacelar e Lia Lordello
O grupo de trabalho pretende reunir pesquisadores que desenvolvam projetos sobre a cultura na e da infância; a interlocução dos diversos saberes e das práticas culturais na formação da criança; jogos, brincadeiras e práticas infantis que contribuam para a formação do sujeito; registros orais, visuais e audiovisuais e seus significados; a dinâmica social e cultural, tendo a criança como protagonista.

8. CULTURAS E NARRATIVAS AUDIOVISUAIS
Coordenadoras: Marise Berta e Maria do Socorro Carvalho
Acolhe trabalhos que analisam as representações construídas por meio de narrativas audiovisuais plasmadas em diversas linguagens (cinema, televisão, vídeos, etc.), constituintes das práticas de significação e dos sistemas simbólicos por meio dos quais os significados são produzidos; contempla, igualmente, estudos que refletem sobre o caráter arbitrário e indeterminado das representações culturais e suas complexas ligações com as relações de saber/poder.

9. CULTURAS E MÍDIAS
Coordenadoras: Daniela Matos e Jussara Maia
Contempla trabalhos relacionados à reflexão sobre o entrecruzamento do campo midiático com a experiência cultural na contemporaneidade. A relação entre mídia e as diversas dimensões da vida cultural, em interação com outras dimensões a exemplo da política, religião, economia, sexualidades, etnias, cotidiano, etc. Produção de sentidos e mídia: produção, circulação e interpretação dos produtos midiáticos. Reflexões de cunho téorico e/ou teórico-empírico acerca das relações entre comunicação, mídia e cultura.

10. CULTURAS, IDENTIDADES E TERRITÓRIOS
Coordenadores: José Roberto Severino e Zilda Iokoi
O objetivo do grupo é reunir reflexões sobre as políticas culturais para a identidade e o território. Sua justificativa está ligada ao fenômeno da contemporaneidade, que comprime espaço e tempo, forçando a novas formações discursivas no âmbito do pertencimento. Acolhe trabalhos que abordam as narrativas de pertencimento, as experiências migratórias contemporâneas e as tensões territoriais na relação com as políticas culturais.

11. CULTURAS, GÊNEROS E SEXUALIDADES
Coordenadores: Leandro Colling e Linda Rubim
Aceita trabalhos que analisam as relações entre gêneros, sexualidades e as culturas. Discussões contemporâneas sobre os diversos gêneros e sexualidades. Análises de produtos culturais sobre as representações dos gêneros e das sexualidades. Discussão sobre as políticas públicas e identitárias para o respeito à diversidade sexual e de gênero.

12. FORMAÇÃO, GESTÃO, DIVULGAÇÃO E PRODUÇÃO CULTURAL
Coordenadores: Adriano Sampaio e Laura Bezerra
O grupo traz como objeto de discussão assuntos relacionados ao campo da organização da cultura; a formação em gestão cultural; os fundamentos e as singularidades do gerenciamento na área da cultura; estudos sobre divulgação e produção cultural; configurações do campo de produção cultural e seus momentos constitutivos.

13. PATRIMÔNIOS CULTURAIS E MEMÓRIAS
Coordenadores: Adalberto Santos e Francisca Marques
Contempla trabalhos do patrimônio cultural material e imaterial e da memória social, que possam fornecer elementos para a definição e redefinição de políticas públicas no campo da cultura e que expressem a capacidade do ser humano de sobreviver no meio em que vive, constituindo-se em registro da história da cidade, país, nação e da vida das pessoas.

14. POLÍTICAS CULTURAIS
Coordenadores: Alberto Freire
Acolhe trabalhos teórico-conceituais e/ou analíticos sobre políticas culturais que tratam de diversas dimensões, tais como: noções utilizadas; formulações, ações e objetivos; atores envolvidos; públicos pretendidos; recursos humanos, materiais, financeiros e legais acionados; sistematicidade, interfaces e transversalidades. Abrange políticas para a criação, difusão, circulação, cooperação, reflexão, preservação, recepção, produção e gestão da cultura.